Eu busco o VAlor da vida!

Google+ Followers

quinta-feira, abril 16

Ao coração que sofre, separadoDo teu, no exílio em que a chorar me vejo,Não basta o afeto simples e sagradoCom que das desventuras me protejo.
Não me basta saber que sou amado,Nem só desejo o teu amor: desejoTer nos braços teu corpo delicado,Ter na boca a doçura de teu beijo.
E as justas ambições que me consomemNão me envergonha: pois maior baixezaNão há que a terra pelo céu trocar;
E mais eleva o coração de um homemSer de homem sempre e, na maior pureza,Ficar na terra e humanamente amar.
      Olavo BilacPor que você está hoje assim? Lendo essas coisas.Porque eu preciso alimentar minha alma.Não é só por isso! eu preciso ler, ouvir palavras diferentes, palavras ditas por outros que compartilham sentimentos profundos e verdadeiros. Que são capazes de perceber num texto, num conjunto de palavras  a imensidão de um sentimento.A imensidão de um querer, de um querer bem, de um querem bem mais....

Nenhum comentário: